Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Colegiado de Engenharia de Produção Agroindustrial (EPA) realiza recepção aos/as calouros/as do curso

Colegiado de Engenharia de Produção Agroindustrial (EPA) realiza recepção aos/as calouros/as do curso

Ensino

A Universidade Estadual do Paraná (Unespar), campus de Campo Mourão, por meio do Colegiado de Engenharia de Produção Agroindustrial (EPA), realizou, no início deste mês (2/5), uma recepção aos/as estudantes recém chegados ao curso de Engenharia de Produção Agroindustrial (EPA). 

Na ocasião, o curso foi apresentado com a fala inicial promovida pelo Coordenador do Colegiado, Prof. Dr Rony Peterson da Rocha. Logo em seguida, aconteceu a apresentação da composição do corpo docente e de cada calouro/a. Também foi realizada a visita guiada pela Instituição para que os/as estudantes pudessem conhecer toda a estrutura, em especial, os laboratórios utilizados pelo curso; e uma  visita à empresa Júnior Otimiza. Por fim, os/participantes desfrutaram de um coquetel para a celebração.

De acordo com o Coordenador, "é uma grande honra receber estudantes de Campo Mourão, de todos os municípios da COMCAM e também das mais diversas regiões do Brasil. Mesmo com a COVID-19, que provocou mudanças substanciais nos calendários das Instituições de ensino superior, a adesão ao curso de Engenharia de Produção Agroindustrial tem sido positiva. Ainda se estuda a possibilidade de oferta do curso também no período noturno, o que permitiria que mais estudantes de nossa região pudessem frequentá-lo”.

De acordo com as expectativas da Estudante recém chegada ao curso, Amanda Carvalho dos Santos, de Palmas (TO), “mudei recentemente para a cidade, e sempre quis fazer um curso que me desse a oportunidade de trabalhar na área industrial. Espero principalmente me desenvolver profissionalmente e conseguir colocar o aprendizado do curso em prática. Ainda, de acordo com a caloura Maria Gabriela Landi Ramos, do Guarujá (SP), afirmou que se "me interessei pelo curso, pois já conhecia a Engenharia de Produção e sei que ela abre um leque de possibilidades no mundo de trabalho”.