Você está aqui: Página Inicial > Graduação > Letras > Informações > Projetos de Pesquisa

Projetos de Pesquisa

O projeto de pesquisa “Um olhar para o processo de ensino e aprendizagem com base em gêneros de texto: a formação inicial de professores de Língua Inglesa em foco”, coordenado pela professora Drª Marileuza Ascencio Miquelante, investiga o desenvolvimento das Capacidades de Linguagem e das Capacidades Docentes dos futuros professores de Inglês, uma atividade que contribui para a (trans)formação dos sujeitos e da realidade que os cercam.

O projeto “A Ficção de Autoria Feminina do século XXI: Vertentes e temáticas”, coordenado pela professora Dra. Wilma dos Santos Coqueiro, com base do escopo teórico dos Estudos Culturais e da Crítica Feminista, a partir das obras de autoras como Maria Valéria Rezende, Ângela Dutra de Meneses, Livia Garrcia-Roza e Aline Bei., tem como objetivo a reflexão sobre algumas temáticas bem típicas da ficção de autoria feminina pós-moderna como o exílio, os deslocamentos espaciais e identitários, os encontros culturais, a formação de identidades híbridas, as diversas relações interpessoais e a fragilidade e a efemeridade das relações afetivas.

O projeto de pesquisa “Concepções e práticas de escrita”, coordenado pela professora Dra. Adriana Beloti, do Colegiado de Letras da Unespar/Campus de Campo Mourão, busca compreender as concepções, em relação à escrita, que permeiam os processos educacionais, desde a Educação Básica até a formação docente inicial, e como tais conceitos influenciam tal prática discursiva, que engendra discursos e valores sociais e históricos, e está presente em todos os níveis de Educação e de atuação dos sujeitos.

O projeto de pesquisa “Letramentos acadêmicos na pós-graduação: uma perspectiva necessária”, coordenado pela Professora Dra. Maria Izabel Rodrigues Tognato, tendo por base a perspectiva do Interacionismo Sociodiscursivo (ISD), investiga os Letramentos Acadêmicos na formação humana, social e profissional do estudante do Ensino Superior, com foco na pós-graduação stricto sensu, mestrado e doutorado, no sentido de identificar e descrever iniciativas de ensino e pesquisa como práticas formativas na oralidade, leitura e escrita na área de ensino de línguas estrangeiras, com vistas à internacionalização, uma vez que é um dos princípios da Universidade, conforme Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) (PARANÁ, 2018).

O projeto de pesquisa intitulado “Um estatuto dialógico/axiológico para a análise linguística” (AL) investiga como princípios do dialogismo do Círculo de Bakhtin podem ser aplicados ao eixo da Análise Linguística, do que resulta a AL Dialógica (POLATO, 2017), como uma perspectiva pedagógica de abordagem de aspectos linguístico-enunciativos e discursivos em textos mobilizados em gêneros discursivos, como mira à compreensão e à produção valorada do discurso. O interesse pelas relações dialógicas integrantes da produção de sentidos serve à compreensão das relações sociais representadas no texto, a partir de uma abordagem valorativa da língua, que se apreende/efetiva a partir da relação estilo-gramática, materializada em enunciados concretos.

O projeto Letramentos acadêmicos no ensino superior público paranaense: a graduação da Unespar em foco, desenvolvido pela professora Dra. Jacqueline Sanches Vignoli com vistas a estágio de pós-doutoramento, está filiado ao escopo teórico dos Letramentos acadêmicos e apresenta dois grandes objetivos: o primeiro é a investigação das ações de letramentos acadêmicos nos cursos de graduação, por meio de enquete online a ser respondida por representantes da gestão de universidades públicas do Paraná; e o segundo é o estabelecimento da relação entre os dados gerais encontrados e a realidade da Universidade Estadual do Paraná, a Unespar, uma das IES investigadas. As teorias dos Letramentos despontaram no Brasil a partir da década de 90, especialmente a partir da abordagem chamada de Novos Estudos do Letramento (NEL), (STREET, 1984), opondo-se às perspectivas teórica que atribuíam supremacia à escrita e o estabeleciomento dicotômico e valorativo entre oralidade e escrita. Esperamos que os resultados da pesquisa, para além das contribuições científicas, possam ser também revertidos em ações em prol dos estudantes dos cursos de graduação da Unespar, na perspectiva de reverter o “discurso do déficit” decorrente de uma expectativa de que os alunos, após anos de escolarização básica, deveriam escrever o que quer que lhes fosse solicitado.

Literatura e suicídio: desdobramentos teórico-críticos e possibilidades de análise é o título do projeto de pesquisa coordenado pelo professor Willian André, dando continuidade às considerações iniciais apresentadas em sua pesquisa anterior (Reflexões sobre literatura e suicídio, 2016-2018). Partindo dos resultados introdutórios obtidos naquele primeiro momento, o projeto visa a realizar estudos mais aprofundados sobre a questão da morte voluntária a partir do escopo literário, prosseguindo com a iniciativa de instaurar uma cultura de pesquisa sobre o assunto em nossa área, sem perder de vista a abertura do projeto às relações interdisciplinares. Amparada por uma série de trabalhos oriundos de diversas áreas do conhecimento, a pesquisa mantém como horizonte a necessidade de: i) por um lado, prosseguir realizando análises verticalizadas sobre o tema em obras e autores específicos, com o suporte teórico-crítico que se afigure mais adequado em cada caso; ii) por outro, continuar a composição de uma visada mais abrangente sobre o fenômeno do autoaniquilamento na literatura, em termos de um “mosaico suicidológico”.